segunda-feira, 8 de setembro de 2008

{Happy Ever After}

Provavelmente uma das coisas mais bizarras da vida é viver

Tudo se contradiz o tempo todo e isso inclui você, eu e o povo passando na rua indo pra esquerda mesmo querendo ir pra direita.

Seria perfeito poder escrever um roteiro de tudo que pode e do que não pode acontecer na nossa vida, incluindo lugares, pessoas e obrigações irritantes.

Viver como um personagem de novela, porque fazendo um papel de mocinho {apesar da minha predileção pelos vilões} tenho certeza de um final feliz.

Enquanto isso no mundo real só sei que tenho um final...

4 comentários:

Victor Manfredine disse...

ahh. é complicado.
sei lá..
as vezes me sinto igualzinho o
jim carrey no filme o show de trumam sabe.. mas é fichinha isso.
tiro de letra.
o negócio é continuar vivendo.
só isso. =]

Igor disse...

Olha, vou te falar uma coisa que aprendi nesses meses.
Viver pode ser bizarro e problemático, mas só o simples fato de estar vivo é maravilhoso!

Viver é o máximo! E se a vida fosse um marasmo, sem nada a decifrar ou a aprender, de que ia adiantar estar aqui. Seria entediante, posso te garantir! =P

Luiz Korsakoff disse...

Viver é bom mon cher...
Se não fosse assim teríamos suicídios em massa todos os dias
=)
Seria um tédio ter a vida perfeita, se fosse assim você não teria orgulho ao conquistar algo.
Vamo atualizar né?
Cheers
=*

Ylter Magalhães disse...

A vida é muito para ser insignificante... aproveite os momentos... viva-os!!! Sei que vc faz muito bem isso, afinal de contas vc é o IDOOOOOOO... rs

Abração migo